segunda-feira, 16 de julho de 2012

A Literatura e as livrarias na Argentina

Muitos de nós sabemos o quanto a cidade de Buenos Aires é engordada pelas suas livrarias, confluindo para estas a produção literária não só portenha,assim como de toda América do Sul ,bem como da hispanoamérica.
Mesmo, em passando por uma crise a capital BA, permanece com seu movimento livreiro e sua farta- e própria- produção literária.Continuam ainda escudados pelo Borges, que no meu entender, mesmo reconhecendo sua verve profunda de cultura, não representa as veias portenhas,destacadamente, aliás, isto também é entendido pelo professor da Universidade de Rosário -Martin Prieto em sua obra - BREVE HISTORIA DE. LÁ LITERATURA ARGENTINA..Taurus, ele é mais um signo da literatura universal,mas isto é um detalhe ,como temos os nossos iguais, caso de Clarice Lispector.É uma doença a proliferação de estudos sobre a saudosa e grandiosa Lispector.
Mas afinando o bordel do nosso foco, me chama a atenção o volume de suas produções ,aqui,nacionais, são múltiplas em gêneros e editoras e suportes em papel e digital.
Destaco o caso do autor Prieto, que além de ensaísta e teórico é poeta de excelència.
Sublinho,do mesmo modo as obras completas de JUAN GELMAN, DIANA BELESI afora,na novela Luis Gusman.
Vale a pena ler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bienal de Istambu anuncia lista de artistas participantes...

Por: Rev.Brasileiros O brasileiro Victor Leguy está entre os selecionados para a mostra, que abre em setembro Adicionar  Os curador...