Total de visualizações de página

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

PAULO BRUSCKY E A VENDA DE UM ACERVO IMEMORÁVEL

Paulo Roberto Barbosa Bruscky (Recife PE 1949). Artista multimídia, poeta. Inicia suas pesquisas em 1969 e expõe seus trabalhos no Brasil e no exterior, em instituições como Parachute Center for Cultural Affairs, Canadá; Centro Lavoro Arte, Milão; e Small Press Archive, Antuérpia, Bélgica.

Em 1981, recebe um Guggenheim Fellowship para investigações de artes visuais, entre Holanda e Estados Unidos, e, em 1983, o 1º Premio Internazionale Andrea del Sartó, na Itália.

Há trabalhos seus nos seguintes acervos: Museu de Arte Moderna do México; MAC/USP, São Paulo; Wichita Art Museum; e Centro Wifredo Lam, Cuba.

IMPORTÂNCIA DE SUA OBRA
Paulo Bruscky é um pioneiro na aplicação artística de várias tecnologias, como gravação eletrônica, projeção de diapositivos, fac-símile, filme super-8, vídeo, xerox, off-set e mimeógrafo. Possivelmente, é o mais entusiasta promotor da mail art no Brasil. É também o pioneiro da videoarte fora do eixo Rio-São Paulo.


Conheci Paulo em Recife,Olinda e sabia de seu gosto intenso pela arte,até porque,óbvio o mesmo é um grande artista.mas, o conheci pelo seu acervo de Arte Postal, depois vi coisas suas,de seu acervo,de valor incauculável.
Hoje pretendendo desfazer-se,e,como sempre em Pernambuco,santo de casa não faz milagres,se vê desapontado com seu acervo,face o seu futuro e que o entendo- o muito bem.
O governo do estado de PÉ, não se manifesta,nem tampouco o federal pela Fundaj.
O acervo é história do Brasil,de Pernambuco e do mundo.
Onde anda Ana de Holanda,Ana veja isto , você eu a conheço,é séria,dê uma espiada nisto e creio que vc o conhece e Pii conhece Paulo.
O acervo é do Brasil e do mundo.
O acervo vai de arte postal, Hélio Oitica, João Câmara, Ladjane Bandeira,catálogos,cordéis,fotos,arterial do Brasil holandês .
Vamos gritar Paulo BRUSCKY .

Nenhum comentário:

Postar um comentário